Suspeito de agredir e manter a esposa em cárcere privado é preso no interior do Tocantins

Caso foi em Palmeirante. Homem ainda teria ameaçado de morte a companheira. Além da mulher, o suspeito teria agredido e atirado contra a enteada, que tentava defender a mãe.

Compartilhe:

Nesta quinta-feira (13), um homem suspeito de manter a própria esposa em cárcere privado e cometer agressões físicas e psicológicas contra ela foi preso em Palmeirante, região norte do estado. Segundo a Polícia Civil, o suspeito, de 42 anos, que não teve o nome divulgado, estava sendo investigado por violência doméstica contra a mulher e sua enteada.

As investigações indicam que os abusos começaram na última sexta-feira (7), na chácara Poder de Deus. Segundo uma denúncia anônima, a família estava em perigo e a mulher estava sendo ameaçada com uma espingarda apontada para sua cabeça.

A delegada responsável pelo caso, Olodes Maria, destaca que a esposa não foi a única vítima das ameaças e agressões do suspeito. “A mulher relatou que sua filha também foi alvo de um disparo de arma de fogo em uma ocasião, quando tentava defender sua mãe das agressões do marido”, ressaltou a delegada.

Após a denúncia, a Justiça emitiu mandados de busca para a chácara. Após ser preso, o suspeito foi encaminhado à cadeia pública de Colinas.