Sobre para três o número de casos suspeitos de coronavírus no Brasil

Novos casos suspeitos são dois pacientes que estiveram recentemente na China apresentaram sintomas da doença causada pelo microrganismo. 

Compartilhe

 

Mais dois pacientes com suspeita de coronavírus estão internados em hospitais de Curitiba (PR) e Porto Alegre (RS). A informação foi confirmada no fim da tarde desta terça-feira (28) pelo Ministério da Saúde.

Com o caso de uma estudante de 22 anos, que está internada em Belo Horizonte, e mais essas duas notificações sobe para três o número de pacientes que se enquadram nas definições de suspeitas de infecção pelo vírus 2019-nCoV, que causa uma epidemia na China, com 81 mortes confirmadas e 4550 pessoas contaminadas.

Segundo o ministério, esses pacientes se enquadram na atual definição de caso suspeito. Eles apresentaram febre e pelo menos um sinal ou sintoma respiratório; além de terem viajado para a China, país onde a contaminação teve início, nos últimos 14 dias. O ministério não ofereceu mais detalhes sobre os casos.

Conforme dados do ministério apresentados na manhã desta terça-feira, no período de 3 a 27 de janeiro, foram analisados 7.063 suspeitas de pessoas com coronavírus no Brasil. Desses, 127 exigiram a verificação mais detalhada e apenas o caso da estudante em Belo Horizonte havia sido enquadrado como suspeita.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) aumentou o nível de alerta para alto em relação ao risco global do novo coronavírus, por isso, o Ministério da Saúde orienta que viagens para a China devem ser realizadas em casos de extrema necessidade. Com quase três mil casos confirmados, segundo o último boletim da OMS, todo o território chinês passa a ser considerado área de transmissão ativa da doença.”

*Com informações da Agência Brasil