Servidora da Defensoria Pública do Tocantins morre vítima da Covid-19

Simone Marques Neres tinha 42 anos e deixa marido e filho com menos de um ano. O sepultamento será em Porto Nacional, sua cidade-natal.

Compartilhe

Uma servidora da Defensoria Pública do Estado do Tocantins morreu neste domingo (18) devido as complicações da da Covid-19. Simone Marques Neres, de 42 anos, estava internada desde junho, e não resistiu a doença. Ela deixa marido e um filho com menos de um ano.

Analista jurídica efetiva, Simone ingressou na Defensoria Pública em 2012 e trabalhava em Palmas. Antes de ser transferida para a capital, ela havia atuado em Porto Nacional, sua cidade-natal. Ela era casada e mãe de um menino.

A Defensoria decretou luto oficial de três dias.

“Sua partida deixará a eles uma eterna saudade, mas também a lembrança de uma esposa e mãe amorosa; dona de um sorriso espontaneamente alegre que certamente estará nas boas lembranças guardadas hoje para sempre”, afirmou a instituição, em nota.

O corpo de Simone está sendo velado em Porto Nacional. O sepultamento vai ocorrer durante a tarde no cemitério Nossa Senhora das Mercês.