Reportagem destaca o estado de abandono do Centro Olímpico de Porto Nacional

Compartilhe:

Uma reportagem da TV Anhanguera destacou, nesta quinta-feira (17), o completo estado de abandono do Centro Olímpico de Porto Nacional. O local deveria servir para preparar e descobrir novos talentos, mas segundo a reportagem, virou abrigo para usuários de drogas. A estrutura, que custou milhões aos cofres públicos, fica no setor Aeroporto.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O Centro  Olímpico Adhemar Ferreira da Silva foi inaugurado em 2006 e conta com um ginásio coberto, pista de atletismo, piscina e campo de futebol. Todos os equipamento foram feitos de acordo com os padrões olímpicos, mas estão completamente abandonados.

Inaugurando em 2006, o centro esportivo conta com a primeira piscina olímpica do Estado – Foto: Dornil Sobrinho.

O morador José Joaquim, que reside ao lado do centro esportivo, ao ser indagado pela reportagem disse que “aqui não fica ninguém. Os ‘malas’ vivem fumando maconha por aí e ninguém faz nada”. A reportagem ainda ressalta, que segundo os moradores, a piscina, primeira do estado com padrão olímpico, estava com água e cheia de larvas do mosquito Aedes aegypti.

A estrutura do ginásio, com padrão olímpico, completamente abandonado – Imagem reprodução TV Anhanguera

A reportagem também mostra os vestiários com os móveis destruídos, assim como o forro dos prédios. Pelo chão é possível ver muitos documentos e lixos acumulados ao longo dos anos. A fiação elétrica  parece ter sido furtada. Entrevistado, o jornalista Márcio Greyck lamentou, “Quando você vê uma situação dessa dá tristeza sim porque é dinheiro do contribuinte”.

Em nota, a Prefeitura de Porto Nacional que chegou a a anunciar a revitalização do Centro Olímpico e promoveu roçagem e limpeza e roçagem do local,  disse que que pediu recursos ao Ministério dos Esportes para recuperar o Centro Olímpico.  Alegando que os recursos do município ainda não foram suficientes para que seja investido na sua recuperação.

Abandonado e isolado

O local, além de abandonado, também ficou isolado com a construção do novo Fórum de Porto Nacional. É que a nova sede do judiciário na cidade ignorou completamente o Centro Olímpico, com a construção do seu estacionamento e de um mudo que isolou a entrada principal do centro esportivo.

Imagem do Topo: Reprodução TV anhanguera

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *