Primeira morte em decorrência da Covid-19 é registrada em Dianópolis

Cidade contabiliza apenas dois casos confirmados da doença  e e um dos pacientes morreu nesta quarta-feira (17).

Compartilhe

 

Um homem de 38 anos é o primeiro morador de Dianópolis, na região sudeste do Tocantins, a morrer em decorrência do novo coronavírus na cidade. A informação foi confirmada pela  Secretaria Municipal de Saúde do município.  Segundo a pasta, o paciente estava internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral de Palmas (HGP).

O estado registrou até esta terça-feira (16) outras 149 mortes em decorrência da doença.

Dianópolis tem apenas dois casos de Covid-19 confirmados. O paciente que morreu tinha sido diagnosticado no último dia 3 de junho. A prefeitura informou que a morte ocorreu no início desta manhã, após complicações no quadro de saúde. O caso ainda não foi divulgado no Boletim Epidemiológico da Secretaria de Estado da Saúde.

Segundo a Secretaria de Saúde do município, o paciente apresentou sintomas no último dia 26, recebendo atendimento no Hospital de Referência de Dianópolis. Ele foi encaminhado para Porto Nacional no dia 1º de junho e depois removido para a UTI do HGP.

O município informou ainda que seguindo o protocolo do Ministério da Saúde, não será realizado velório. O corpo será levado de Palmas diretamente para o cemitério.

Nesta quarta-feira (17) a Prefeitura de Dianópolis informou ter montado barreiras sanitárias na cidade para prevenir a entrada do coronavírus. Além de medir a temperatura de quem passar pelos locais, os profissionais da saúde também vão aplicar questionários e informar sobre as medidas de segurança implantadas na cidade.