Porto Nacional e outras 13 cidade do Tocantins estão em Estado de Atenção para baixa umidade

Compartilhe

Dados coletados pelo Centro de Monitoramento da Sala de Situação da Defesa Civil  Estadual apontam que os municípios de Porto Nacional, Palmas, Pedro Afonso, Mateiros, Araguaína, Araguatins, Campos Lindos, Marianópolis, Dianópolis, Paranã, Taguatinga, Formoso do Araguaia, Gurupi e Peixe permanecem, nos últimos dias, em Estado de Atenção em relação a baixa umidade relativa do ar.

A recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS) estabelece que índices inferiores a 60% não são adequados para a saúde humana. Quando observados índices inferiores a 30%, são decretados estados de criticidade de baixa umidade relativa do ar, levando em conta os níveis de Atenção (entre 21 e 30%) , Alerta ( entre 12 e 20%) e Emergência (abaixo de 12%).

A chegada do tempo seco e o período de estiagem no Tocantins culminam também com o período de férias escolares e as programações de veraneio nas dezenas de praias e atrativos de lazer do Estado. Para orientar a população, a Defesa Civil Estadual ressalta que os cuidados com a saúde, hidratação e proteção contra os raios solares devem ser constantes.

De acordo com o diretor executivo da Defesa Civil, o major bombeiro Diógenes Madeira, mesmo não registrando os mesmos índices do ano passado, em que a baixa umidade chegou ao Estado de Alerta, deve-se manter cuidados para evitar uma possível desidratação, principalmente em crianças e adultos. “No ano passado, registramos dados preocupantes em relação aos índices de umidade. Mesmo que estejamos em um grau de Atenção, os cuidados precisam ser tomados, como a hidratação, tendo em vista a exposição ao sol daqueles que vão para as praias do Tocantins”, afirmou.

 

Compartilhe essa notícia