Policial Militar salva bebê de nove meses que se engasgou com leite materno em Araguaína

PM realizou os primeiros socorros e depois levou mãe e filha para o hospital. Veja o que fazer em casos semelhantes

Compartilhe

Um oficial da Polícia Militar salvou uma criança de nove meses que havia se engasgado com leite materno e tido convulsões. O caso aconteceu na Vila Cearense em Araguaína, no norte do Tocantins. O PM realizour os primeiros socorros e depois levou mãe e filha para o hospital.

A mãe de 25 anos contou que havia amamentado a filha e a colocou para dormir. Quando a criança acordou, brincou um pouco e começou a se movimentar como se estivesse com convulsão.

A jovem tentou reanimar a filha, mas não conseguiu. Neste momento algumas pessoas informaram ao tenente coronel Raimundo Soares Veloso Sobrinho sobre o caso. O policial fez os primeiros socorros e a criança expeliu um líquido semelhante ao leite materno e voltou a respirar.

“Quando cheguei no local, a criança estava, aparentemente roxa, caída, debruçada demonstrando falta de ar. Então iniciei os procedimentos de primeiros socorros e consegui desengasgar a criança do leite materno e ela conseguiu voltar a respiração”, afirmou o oficial.

A mãe e a criança foram levadas para o Hospital Municipal de Araguaína, onde a criança foi internada para realizar outros exames.

O que fazer

No caso de engasgos o procedimento padrão para bebês é dar cinco tapinhas nas costas, com a criança de bruços e um pouco inclinada para o chão. Já em crianças acima de 1 ano, adultos e idosos, o recomendado é a manobra de Heimlich, uma espécie de abraço por trás, pouco acima da barriga, para tentar expulsar o alimento ou corpo estranho.

Uma dica é: se a pessoa estiver falando, tossindo ou chorando, não faça a manobra, porque a vítima ainda consegue respirar. Nesse caso, tranquilize-a e espere que ela melhore. O telefone de emergência para acionar o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) é o 192.