Policial militar que foi atropelado por motorista bêbado em Palmas é transferido para UTI

Segundo tenente Jaime Rodrigues está estável, mas o quadro ainda é grave. Motorista tinha sinais claros de embriaguez e foi preso em flagrante, mas ganhou liberdade 24 horas após atropelamento.

Compartilhe:



O segundo tenente Jaime Rodrigues de Lima Filho, que foi atropelado em uma avenida na região norte de Palmas, foi transferido para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Geral de Palmas (HGP). O motorista suspeito do atropelamento, que havia sido preso em flagrante, foi liberado pela Justiça durante a audiência de custódia.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O atropelamento ocorreu na noite de quinta-feira (2), na avenida Palmas Brasil Norte, enquanto o policial tentava atravessar a via. Ele sofreu lesões e fraturas em várias partes do corpo, sendo inicialmente encaminhado para a sala vermelha do HGP e, posteriormente, para a UTI.

Segundo informações da polícia, o estado de saúde do tenente é considerado estável, e ele está sob cuidados médicos.

Foto: Reprodução

Motorista ganha liberdade

O motorista suspeito do atropelamento havia sido preso em flagrante. No entanto, durante a audiência de custódia realizada na tarde de sexta-feira (3), ele foi liberado. Após o acidente, ele se recusou a fazer o teste do bafômetro e apresentava claros sinais de embriaguez, como sonolência, olhos vermelhos e hálito etílico.

A defesa do motorista solicitou a liberdade provisória, argumentando que ele é réu primário, possui residência fixa e emprego estável. O Ministério Público apoiou o pedido, resultando na sua libertação sem a necessidade de pagamento de fiança.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.