Policial é preso após agredir mulher com soco e empurrão durante festa no meio de rua no norte do TO

Caso aconteceu em Buriti do Tocantins, na região do Bico do Papagaio. Corregedoria da PM e pela Polícia Civil investigam o caso.

Compartilhe:

Um policial militar fora do horário de trabalho foi filmando agredindo uma mulher em via pública em Buriti do Tocantins, na região do Bico do Papagaio, no norte do estado. O caso foi registrado no fim de semana durante um evento que acontecia no local.

Nas imagens é possível ver o homem parado no meio da rua com duas mulheres e uma lata de bebida na mão. Em determinado momento ele aponta para o rosto de uma das mulheres, segura no pescoço dela e a empurra em direção ao chão.

Logo depois a mulher se levanta e bate nas costas e cabeça do policial, que revida com um soco e a vítima volta a cair no chão.

A Polícia Militar foi questionada sobre o caso e disse que o militar está preso e o caso está sendo apurado pela Corregedoria da PMTO e pela Polícia Civil.

“A Polícia Militar lamenta o acontecido e informa que possui rigoroso regulamento de conduta e esse tipo de comportamento é incompatível com os princípios da instituição”, diz a nota.

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) também foi questionada e disse apenas que o caso será investigado pela Polícia Civil.

Outros casos

Ao longo de 2022 pelo menos outros dois casos de agressão policial foram registrados em vídeo. Em março, um suspeito foi jogado no chão e agredido com socos e chutes durante uma abordagem.

Dois meses depois um sargento, fora do horário de trabalho, foi flagrado dando socos, joelhadas e até coronhadas. Uma mulher que estava no local também chegou a ser arrastada pelo cabelo. O PM estaria de folga e participando do evento.

Por G1