Polícia encontra maconha enterrada em quintal na casa de mulher presa em operação

caso aconteceu em Araguaína. Na primeira fase da operação, mais de 8kg de crack foram encontrados.

Compartilhe

Agentes da Polícia Civil realizaram novas buscas na casa de uma mulher que tinha sido presa por tráfico de drogas em Araguaína e encontrou quase dois quilos de maconha enterrados no quintal. Horas mais cedo o mesmo imóvel tinha sido vistoriado e mais oito quilos de crack apreendidos no local.

Os policiais voltaram até a casa porque a inteligência da Polícia Civil recebeu a informação de que os produtos apreendidos durante as primeiras buscas não eram os únicos no local. Os entorpecentes foram desenterrados e levados para a unidade antidrogas.

A suspeita é de que a mulher faz parte de uma organização criminosa que revendia drogas trazidas do Mato Grosso em carros particulares. A Polícia disse que agora o objetivo da operação é constatar se existem mais integrantes do grupo na cidade de Araguaína.

A operação foi deflagrada da 2ª Divisão de Repressão a Narcóticos (Denarc).

Operação

Na manhã desta segunda-feira (14), a Polícia apreendeu mais de oito quilos de crack e maconha, além de R$ 6,2 mil em espécie. Duas pessoas foram presas por tráfico de drogas, entre elas o “Tocantins” apontado pela polícia como um dos maiores traficantes do norte do estado.

A mulher de 27 anos foi levada para a Cadeia Feminina de Babaçulândia e o homem de 37 anos, considerado um dos maiores traficante da cidade, foi encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA).