Polícia cria força-tarefa para prender homem que sequestrou e matou as filhas de 4 e 8 anos em Goiás

Homem teria se revoltado com uma suposta traição da esposa e cometeu o crime. Corpos das filhas foram encontrados dentro de carro carbonizado na região metropolitana de Goiânia.

Compartilhe:

A Polícia criou uma força-tarefa para capturar e prender Ramon Souza Pereira, acusado de matar e carbonizar os corpos das filhas de 4 e 8 anos, em Santo Antônio de Goiás. O crime aconteceu na segunda-feira (22), mas o criminoso ainda não foi localizado.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo informações iniciais, o homem teria se revoltado com uma suposta traição da esposa e passou a ameaçar as filhas. Ele buscou as crianças na escola e fugiu durante toda a terça-feira.

O carro em que ele estava foi encontrado carbonizado e com dois corpos dentro, nas proximidades de Santo Antônio de Goiás. A Polícia trabalha para capturá-lo.

Entenda

A Polícia Militar encontrou o carro carbonizado com dois corpos dentro a noite de segunda (22), na região metropolitana de Goiânia. A suspeita é que os corpos sejam de duas crianças que teriam sido sequestradas pelo próprio pai.

Uma mulher ligou para a PM no final da tarde desta segunda-feira, e informou que o marido dela, após afirmar que teria descoberto uma suposta traição, pegou as duas filhas na escola, e falou, através de mensagens pelo celular, que ela nunca mais iria ver as crianças.

Desde então, policiais de vários batalhões procuravam pelo homem, que fugiu com as filhas em um veículo modelo Hyundai HB 20 branco.

No início da noite, um carro com as mesmas características foi encontrado carbonizado em uma estrada de terra, na GO 462, que liga Goiânia a Santo Antônio de Goiás.

Dentro do veículo, os policiais encontraram dois corpos. O pai das meninas ainda não foi localizado, e está sendo procurado.