Polícia conclui que idoso foi morto por adolescente durante roubo de celular e apenas R$ 40

Brígido Rodrigues, de 83 anos era morador pioneiro de Miranorte, na região central do Tocantins. Mãe do adolescente já teve um relacionamento com a vítima.

Compartilhe:

As investigações da Polícia Civil apontam para um adolescente de 16 anos como suspeito do latrocínio que vitimou o idoso Brígido Rodrigues, de 83 anos. O crime aconteceu em Miranorte, na região central do estado, no último dia 15 de junho.

Segundo a polícia, as investigações revelaram que o adolescente já tinha passagem pela polícia. No dia 9 de maio, ele foi apreendido por furtar uma motocicleta de um catador de recicláveis, agindo em conluio com um comparsa. Segundo informações, o jovem aprendeu a ligar o veículo por meio de vídeos assistidos no Youtube.

De acordo com o delegado Pedro Henrique Felix Bernardes, o menor era conhecido da vítima, pois sua mãe já havia tido um relacionamento com o idoso. “No dia do crime, o adolescente foi até a casa de Brígido com a intenção de furtar dinheiro. No entanto, ao encontrar o idoso em casa, o jovem acabou empurrando-o, causando sua queda e batida da cabeça na motocicleta, o que o deixou inconsciente”, pontua.

Durante o crime, o menor roubou o celular do idoso e uma quantia em dinheiro de R$ 40, e em seguida, fugiu. O idoso foi socorrido e encaminhado ao Hospital Geral de Palmas (HGP), mas foi a óbito no dia seguinte.

O auto de investigação de ato infracional está em andamento e será concluído nos próximos dias. Em seguida, será encaminhado ao Poder Judiciário e ao Ministério Público para a tomada das medidas legais cabíveis.

O delegado Pedro Henrique ressaltou a importância de elucidar esse crime de latrocínio, que se trata de um fato extremamente grave e resultou na perda de um dos moradores pioneiros de Miranorte, que era muito querido pela comunidade local.