PM Ambiental fecha rinha de galo em Gurupi; cinco suspeitos foram detidos

Um dos suspeitos, apontado como proprietário dos animais foi multado em R$ 8,5 mil. Segundo Polícia Militar Ambiental, galos machucados receberão tratamento.
Compartilhe

 

Uma rinha de galo foi fechada pela Polícia Militar Ambiental no setor Campos Belos em Gurupi, na região sul do Tocantins. Ao todo, cinco suspeitos foram detidos, sendo que quatro estavam acompanhando a rinha e um deles foi apontado como proprietário dos animais. Ele recebeu multa de R$ 8,5 mil.

A ocorrência foi na noite deste domingo (29).  A PM disse que havia mais pessoas no local, mas que conseguiram fugir. Os policiais chegara até a rinha após uma denúncia anônima. O local é improvisado e tem um espaço para os galos brigarem.

Ao todo, 17 animais foram encontrados machucados. Eles devem ser encaminhados para uma clínica veterinária ou para o Centro de Fauna do Tocantins, em Palmas, onde receberão tratamento.

O que diz a lei

Criar galos para participar de brigas é crime, segundo o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais. O texto prevê multa e detenção de 3 meses a 1 ano a quem “praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos”.

Foto: Divulgação