Padrasto suspeito estuprar enteada de apenas 11 anos é preso no norte do Tocantins

Mãe percebeu mudança no comportamento da filha e acionou o conselho tutelar. Crime aconteceu em Sítio Novo e homem foi localizado em ponte na divisa da cidade com o Maranhão.

Compartilhe:

O principal suspeito de abusar de uma criança de 11 anos em Sítio Novo do Tocantins, norte do estado, foi preso após denúncia da companheira da vítima. O homem, de 40 anos e padrasto da menina, foi localizado no domingo (6) perto da divisa entre São Miguel do Tocantins e Imperatriz (MA), após buscas que iniciaram em 24 de julho.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo a polícia, a mãe da menina desconfiou da mudança de comportamento da criança, que após voltar a morar com a mãe e o padrasto tornou-se retraída. Após o término do relacionamento do casal, a menina revelou os abusos sofridos. A mãe então procurou o conselho tutelar e logo depois a polícia passou a investigar o crime.

Apesar da negação do suspeito, exames psicossociais e de conjunção carnal confirmaram o estupro de vulnerável. O homem foi indiciado pela Polícia Civil em maio e teve a prisão preventiva decretada em julho.

Após ser capturado, o suspeito foi levado à Central de Atendimento da Polícia Civil em Araguatins e depois à Cadeia Pública da cidade.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.