Padrasto é preso suspeito de abusar de enteado de 6 anos em Augustinópolis

Segundo a polícia, o homem aproveitava momentos em que estava sozinho com a vítima. Criança passou por exames e foi ouvido por psicólogos.
Compartilhe


Um homem de 59 anos foi preso pela Polícia Civil em Tocantinópolis, região norte do Tocantins. Ele é suspeito de abusar sexualmente de uma criança de apenas seis anos de idade. A prisão aconteceu na tarde de sexta-feira (20), mediante cumprimento de mandado de prisão.

Conforme a Polícia Civil, investigações apontara que o homem, identificado apenas pelas iniciais A.O.L., que é padrasto da criança, se aproveitava dos momentos em que estava sozinho com a vítima para cometer os abusos, que já duravam algum tempo. 

De acordo com a delegada Daniela Caldas, escuta especializada realizada com psicólogos capacitados com a criança  constatou a veracidade dos abusos. Após a realização dos procedimento, a criança foi encaminhada ao Hospital Regional de Augustinópolis onde profissionais do programa de serviço de atenção especializada em atendimento a pessoas vítimas de violência sexual  identificaram indícios de abusos sexuais.

O mandado de prisão foi decretado pelo juiz da comarca do município. Após ser preso e passar pelos procedimento cabíveis, o homem foi recolhido à Cadeia Pública de Augustinópolis, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.

*Em função do novo Manual de Procedimentos, conhecido no meio como o “decreto da mordaça”, a Polícia Civil não pode divulgar  nomes ou imagens de suspeitos de crimes no Tocantins.