Novo PAC prevê investimento de R$ 57,9 bilhões no Tocantins

Cinco investimentos estão previstos para o estado. Entre eles, está a construção da ponte sobre o rio Araguaia, em Xambioá e moradias do programa Minha Casa, Minha Vida.

Compartilhe:

O governo federal lançou a nova edição do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) nesta sexta-feira (11), no Rio de Janeiro (RJ). O programa prever investimentos públicos federais de R$ 240 bilhões para os próximos quatro anos em áreas como transportes, energia, infraestrutura urbana, inclusão digital, infraestrutura social inclusiva e água para todos. Outras áreas como defesa, educação, ciência e tecnologia também devem ser incluídas no novo programa. 

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

No estado do Tocantins, o programa planeja investir R$ 57,9 bilhões em diversas obras. O governador Wanderlei Barbosa (Republicanos) esteve presente no evento.

O governo federal anunciou cinco projetos de investimento no estado:

  1. Construção da ponte sobre o rio Araguaia, na divisa entre Tocantins e Pará (PA), no município de Xambioá.
  2. Pavimentação da BR-010, ligando Paranã a Goiás (GO).
  3. Pavimentação da BR-235, conectando Guaraí a Pedro Afonso.
  4. Construção do novo Hospital da Mulher e Maternidade em Araguatins.
  5. Moradias do programa Minha Casa, Minha Vida.

O novo PAC apresenta nove eixos focados em várias áreas. A seleção de projetos nos estados foi coordenada pela Casa Civil. Confira abaixo os valores destinados ao Tocantins para cada eixo:

  1. Inclusão digital e conectividade: R$ 1,2 bilhão
  2. Saúde: R$ 600 milhões
  3. Educação: R$ 10,5 bilhões
  4. Infraestrutura social e inclusiva: R$ 300 milhões
  5. Cidades sustentáveis e resilientes: R$ 1,9 bilhão
  6. Água para todos: R$ 2,2 bilhões
  7. Transporte eficiente e sustentável: R$ 7,3 bilhões
  8. Transição e segurança energética: R$ 30,5 bilhões
  9. Inovação para a indústria da defesa: R$ 3,5 bilhões

Esses investimentos abrangem áreas como internet em escolas públicas, saúde, educação, infraestrutura social, urbanização sustentável, saneamento, transporte, energia e inovação para a indústria da defesa.

Para obter mais detalhes sobre a distribuição dos investimentos por estado, é possível consultar a divisão dos investimentos por estado.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.