No Tocantins | Caminhoneiros continuam manifestação mas sem bloqueio de rodovias

Compartilhe:

Os trechos de rodovias que estavam interditados no Tocantins foram liberados pelos caminhoneiros nesta sexta-feira (26), mas manifestação continua no estado. O protesto teve inicio na segunda-feira (21), contra o alto preço do diesel  protesto. Ao menos 12 trechos haviam sido bloqueados.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) informou que a orientação é retirar os veículos da pista de rolamento e do acostamento e também de todos os objetos físicos, como pneus. Os manifestantes atenderam pacificamente a orientação, conforme comando de Brasília.

Ainda segundo a PRF, os veículos que bloqueavam as rodovias foram retirados para postos, fazendas e outras áreas para não serem multados, mas os motoristas seguem o protesto parados.

Reflexos
Como reflexo da paralisação, não há mais combustíveis em Palmas, Araguaína e Gurupi. A informação é do Sindicatos dos Postos de Combustíveis do Tocantins (Sindiposto). Conforme a entidade, as bombas estão zeradas e os caminhoneiros estão na base de distribuição impedindo caminhões de carregarem.

Em cidades com Porto Nacional, Paraíso do Tocantins, Guaraí, foram registradas falta de combustíveis.

Os reflexos também chegou no comércio. Frutas e verduras estão em falta em supermercados. Caminhos que deveriam descarregar estes produtos estão parados nas rodovias. Com isso os centros de distribuições de alimentos estão sem estoque, fazendo o preço dos produtos dispararem.

O transporte coletivo de Palmas teve o número de ônibus reduzido em 5% a partir da tarde de quinta-feira (24). A medida foi decidida no final da manhã com a Prefeitura de Palmas.

Em relação aos serviços públicos, o governo do Estado informou não há risco de desabastecimento na frota oficial, mas foram tomadas medida para reduzir o consumo. Para isso, estão sendo priorizados os serviços essenciais.

Em Palmas, a prefeitura disse que vai priorizar o abastecimento das ambulâncias do Samu. Até o momento o Município já garantiu mais de 12 mil litros para os serviços essenciais.

Duas faculdades particulares de Palmas suspenderam as aulas a partir desta sexta-feira (25). Alunos de uma escola da rede estadual também tiveram as aulas suspensas, nesse caso porque a unidade está sem gás de cozinha para preparação da merenda escolar.

Na Universidade Estadual do Tocantins (Unitins), a reitoria decidiu cancelar as aulas nesta sexta-feira (25) e no sábado (26).

A Universidade Federal do Tocantins suspendeu um concurso e dois processos seletivos que estavam previstos para este final de semana. Suspendeu as atividades a partir deste sábado (26), nos câmpus de Palmas, Porto Nacional e Miracema.

Trechos liberados
  • Araguaína – BR-153, km 152: Manifestação pacífica de caminhoneiros sem interdição da via e sem veículos estacionados nos acostamentos.
  • Nova Olinda – BR-153, km 208,7: Manifestação pacífica de caminhoneiros sem interdição da via e sem veículos estacionados nos acostamentos.
  • Colinas do Tocantins – BR-153, km 245: Manifestação pacífica de caminhoneiros sem interdição da via.
  • Fortaleza do Tabocão – BR-153, Km 360: Manifestação pacífica de caminhoneiros sem interdição da via e sem veículos estacionados nos acostamentos.
  • Paraíso do Tocantins – BR-153, km 492: Manifestação pacífica de caminhoneiros sem interdição da via e sem veículos estacionados nos acostamentos.
  • Gurupi – BR-153, km 674: Manifestação pacífica de caminhoneiros sem interdição da via.
  • Alvorada – BR-153, km 761: Manifestação pacífica de caminhoneiros sem interdição da via e sem veículos estacionados nos acostamentos.
  • Pedro Afonso – entre a Ponte sobre o Rio Tocantins e o trevo da cidade – BR-235, km 164: Manifestação pacífica de caminhoneiros sem interdição da via.
  • Silvanópolis – BR-010, Km 306: Manifestação pacífica de caminhoneiros sem interdição da via.
  • Santa Rosa – BR-010, Km 260: Manifestação pacífica de caminhoneiros sem interdição da via.
  • Figueirópolis – BR-153, Km 723: Manifestação pacífica de produtores rurais em apoio a causa dos caminhoneiros, sem interdição da via e sem veículos estacionados nos acostamentos.
  • Taguatinga – BR-242, km 242: Manifestação pacífica de caminhoneiros sem interdição da via.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *