Mulher é presa suspeita de incendiar supermercado em Dianópolis na véspera de Natal

Comércio ficou praticamente destruído. Vídeo mostra explosão e desespero do dono ao ver a estabelecimento em chamas.

Compartilhe:

A Polícia Militar prendeu uma mulher de 39 anos. Ela é a principal suspeita de provocar o incêndio em um supermercado em Dianópolis, no sudeste do Tocantins, na véspera de Natal. Segundo a corporação, a suspeita identificada com o auxílio das câmeras de monitoramento instaladas ao redor do estabelecimento.

O fogo teve início poucas horas antes do natal, por volta das 23h30 de domingo (24), no setor Nova Cidade. Apesar dos esforços dos bombeiros no combate às chamas, grande parte dos móveis e mercadorias foi consumida pelo incêndio.

De acordo com a PM, as imagens das câmeras de segurança mostraram a mulher despejando algum líquido inflamável em uma estrutura do mercado antes de provocar o incêndio.

Após a identificação, os policiais localizaram a suspeita, que foi conduzida à Delegacia de Polícia Civil.

Vídeos que circulam pelas redes sociais mostram o supermercado sendo consumido pelas chamas, uma explosão e o desespero do proprietário. Os bombeiros precisaram conter o dono que tentou entrar no estabelecimento ao ver seus bens sendo consumidos pelo fogo.

Conforme os bombeiros, as aproximadamente 70% do mercado foi destruído. O trabalho dos brigadistas, que se estendeu por duas horas. Após controlar as chamas foi realizado o rescaldo para evitar reacendimentos.

O local precisou ser interditado. A motivação do crime ainda não foram esclarecidas.

Foto: Reprodução

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.