Mulher apontada como ‘chefa’ do tráfico de drogas em Tocantins é presa no Piauí

Ela é suspeita de chefiar uma associação criminosa que comercializava drogas em Barrolândia,

Compartilhe


Um mulher, identificada apenas penas iniciais T.M.M.S., suspeita de chefiar uma associação criminosa que comercializava drogas em Barrolândia, região centrado do estado, foi presa pela Polícia Civil no Piauí. Ela foi capturada mediante cumprimento a mandado de prisão, expedido pela Justiça do Tocantins, quando se encontrava na cidade de Gilbués (PI).

A ação que resultou na captura da suspeita foi realizada pela Polícia Civil do Tocantins com apoio da  Militar da cidade do município piauense.  A prisão aconteceu na quinta-feira (19)

Conforme o delegado Aldo Schwanck, responsável pelo caso, no início desta semana, a Delegacia de Barrolândia deflagrou uma operação que resultou na prisão de seis indivíduos que integravam uma associação criminosa voltada pra o tráfico na cidade.

Durante as investigações, os agentes descobriram que a mulher, juntamente com o marido dela, que também é procurado pela polícia, estaria na cidade de Gilbués (PI). Com base na informação levantada, a Polícia Civil do Tocantins informou a Polícia Militar do estado vizinho que T.M.M.S estaria na cidade.

Desse modo, uma equipe da PM do Piauí localizou a suspeita e efetuou a prisão. Ela foi conduzida para a Cadeia Pública de Corrente (PI), onde aguardará recambiamento para o Estado do Tocantins.