Mãe de quadrigêmeos celebra alta da UTI de todos os bebês um mês após o parto

Irmãos foram gerados em duas placentas diferentes. A gravidez de Kássia Freitas foi considerada uma raridade.

Compartilhe:

A mãe dos quadrigêmeos Ulisses, Ícaro, Lívia Luiza e Aurora celebrou a alta dos filhos da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) um mês após o parto, em Goiânia. Os irmãos foram concebidos em duas placentas diferentes, sendo dois meninos idênticos em uma e duas meninas idênticas em outra, uma situação considerada extremamente rara.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

“A gente foi superando cada etapa. Os meninos crescendo dentro da barriga, passamos por algumas adversidades, mas superamos tudo. Não há maneira mais feliz de encerrar o ano do que esta”, expressou Kássia Freitas, a mãe dos bebês.

Aurora se juntou aos outros irmãos neste sábado (30), sendo a última dos quadrigêmeos a receber alta da UTI. Kássia compartilhou em um vídeo nas redes sociais a alegria pela recuperação dos filhos e agradeceu a todos que torceram por eles.

Assista o vídeo:

“A todos que oraram e torceram, cada pessoa que enviou energias positivas, elas chegaram até nós. Começamos o ano juntos”, declarou a mãe.

Relembre o caso

A gerente de marketing Kassia Cristina Freitas deu à luz os quadrigêmeos em 28 de novembro deste ano, em Goiânia. As crianças nasceram em menos de cinco minutos durante um parto cesárea.

A irmã de Kássia, Katiuscia Christiane, compartilhou a felicidade da família com a chegada dos quadrigêmeos e destacou que o pai acompanhou todo o parto.

Segundo a médica Rita de Cássia Borges, os bebês nasceram com pesos saudáveis, mas precisaram ser internados na UTI na época do nascimento.

“Eles ficarão no mínimo um mês. Precisam atingir pelo menos 34 semanas. Na época do nascimento, estavam com 30 semanas e quatro dias”, explicou a médica.

A pequena Lívia Luiza nasceu com 1,165 kg e 35 centímetros, Aurora com 37 centímetros e 1,085 kg, Ulisses, o maior entre os irmãos, nasceu com 42 centímetros e 1,480 kg, e Ícaro nasceu com 1,225 kg e 38 centímetros.

Kassia Cristina Freitas estava grávida de dois pares de gestações monocoriônicas-diamnióticas, uma condição que ocorre uma vez a cada 70 milhões de gestações. A gerente de marketing, com a gravidez dos quadrigêmeos, passou a residir com os pais para receber maior apoio e assistência.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.