Mãe chama a polícia após flagrar ex-marido na cama com a filha dela de 12 anos

Caso foi em Agustinópolis, no norte do Tocantins. O homem, que é suplente de vereador e padrasto da menina fugiu após ser flagrado e é procurado pela polícia.

Compartilhe:

Nesta sexta-feira (18), A Polícia Civil iniciou uma investigação para apurar um caso de estupro de vulnerável envolvendo um homem de 38 anos e sua enteada, uma criança de 12 anos. O caso aconteceu em Augustinópolis, na região do Bico do Papagaio, no norte do estado.

O suspeito, identificado apenas pelas iniciais A.C.D.C.L., é comerciante e suplente de vereador.

Segundo a polícia, a mãe da vítima, de 35 anos, procurou a delegacia em 16 de agosto e relatou que flagrou o ex-marido, que é padrasto da criança, na cama com a filha dela. O crime aconteceu na madrugada de 14 de agosto, no bairro Portal do Lago.

Ainda e acordo com a polícia a mulher afirmou que o homem fugiu assim que o viu com a filha e contatou a Polícia Militar, que realizou buscas nas proximidades, mas não localizou o suspeito.

A delegada Daniela Juliane Caldas, da 2ª Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher e Vulneráveis (DEAMV) de Augustinópolis, solicitou exames periciais e emitiu um mandado de intimação para o suspeito. Também solicitou medidas protetivas à justiça.

Até o momento, não havia informações sobre a prisão do suspeito ou a concessão das medidas pela escrivania de Augustinópolis.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.