Justiça condena homem que matou morador nos fundos de bar com pauladas na cabeça a 16 anos de prisão no norte do Tocantins

Crime aconteceu na cidade de Ananás. Vítima que teve parte da cabeça desfigurada foi atacada após beber com o condenado.

Compartilhe:

O réu Werbete Andrade de Oliveira Araújo foi condenado a 16 anos e três meses de prisão pelo assassinato de Antônio Marcos Sousa Coelho. Ele morreu após ser atacado a pauladas em um bar de Ananás, no norte do Tocantins. Conforme as investigações, a vítima teve o crânio afundado e ficou desfigurada por causa da força das pancadas.

O crime aconteceu no dia 17 de março de 2019 em um estabelecimento do bairro Chapadinha II. Conforme as investigações, o autor e a vítima beberam juntos durante a tarde. Em determinado momento, Werbete Andrade chamou o Antônio para os fundos do bar dizendo que eles precisavam conversar.

“Chegando lá, a vítima foi atacada de surpresa, com golpes repetidos e violentos que só cessaram quando populares que estavam nas imediações intervieram”, informou o Núcleo do Tribunal do Júri do Ministério Público do Tocantins. A vítima não resistiu aos graves ferimentos na cabeça, pescoço e coluna.

Durante o julgamento foram acatadas as teses de homicídio qualificado por meio cruel e por uso de recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

A pena para foi fixada em 16 anos, três meses e 15 dias de prisão em regime inicialmente fechado.