‘Jeito de Mulher’ | Projeto oferece cursos de eletricista, mecânica e pedreira

Vagas são destinadas para Araguaína, Palmas, Paraíso do Tocantins e Porto Nacional. Cursos são voltados para mulheres de baixa renda, na condição de desemprego ou subemprego.

Compartilhe

 

Encontram-se abertas as inscrições para para diversos cursos gratuitos do  projeto ‘Jeito de Mulher’, do governo do estado. A ideia é selecionar mulheres para se qualificar profissionalmente em áreas tradicionalmente masculinas. Os cursos são oferecidos em Palmas, Araguaína, Paraíso do Tocantins e Porto Nacional.

As inscrições começam nesta segunda-feira (20). Cada turma dos cursos contará com 15 vagas, mas também serão feitas inscrições para um cadastro de reserva, caso haja alguma desistência da lista principal.

Os cursos oferecidos são:

Araguaína

  • Eletricista de Instalações Comerciais e Residenciais – 180 horas

Palmas

  • Mecânica de Motor a Gasolina e Álcool – 260 horas
  • Pedreira – 200 horas

Paraíso do Tocantins e Porto Nacional

  • Produção de Derivados de Leite – 80 horas

A capacitação é voltada para mulheres, preferencialmente, de baixa renda, na condição de desemprego ou subemprego, e aquelas que almejam a inserção no mercado de trabalho para atuar nestas áreas.

As mulheres interessadas em participar podem se inscrever em Araguaína na unidade do Sistema Nacional de Emprego (Sine) da cidade; em Palmas nas unidades do Sine no Centro e Taquaralto e na Escola Estadual Duque de Caxias (Taquaruçu); em Porto Nacional no Sine da cidade; e em Paraíso no Centro de Referência da Assistência Social (Cras). Os documentos necessários para inscrição são CPF, RG e comprovante de endereço.

Segundo o governo, o projeto já beneficiou 210 mulheres e nessa nova etapa, o objetivo é capacitar mais 225 mulheres. Além de participarem dos cursos gratuitamente, as alunas receberão todo o material didático das aulas teóricas, os materiais e os equipamentos de segurança necessários para as disciplinas práticas, além de alimentação e vales-transportes diários.

Próximas qualificações

Segundo o governo, outros cursos do projeto Jeito de Mulher devem ser disponibilizados posteriormente. São eles:

  • Araguatins – Produção de Derivados de Leite (80 horas);
  • Dianópolis – Produção de Derivados de Leite (80 horas) e Instalador de Alarme Residencial (80 horas);
  • Guaraí – Produção de Derivados de Leite (80 horas);
  • Gurupi – Produção de Derivados de Leite (80 horas) e Mecânica de Manutenção de Motocicleta (160 horas);
  • Palmas – Mecânica de Injeção Eletrônica (160 horas);
  • Paraíso do Tocantins – Mecânica de Manutenção de Motocicleta (160 horas);
  • Porto Nacional – Mecânica de Manutenção de Motocicleta (160 horas).

O projeto foi lançado no mês de março de 2016, em Gurupi, e sua primeira etapa foi executada entre 2016 e 2017, beneficiando 210 mulheres de oito municípios do Estado. A ação conta com mais de R$ 880 mil do Ministério da Mulher, Família e Direitos Humanos, com contrapartida e execução do Governo do Tocantins. Ao final serão atendidas 435 mulheres.