Idoso que matou mulher a tiros por não aceitar fim do relacionamento está internado sob custódia

Crime aconteceu em Colinas do Tocantins. Ele tentou tirar a própria vida e precisou ser hospitalizado.

Compartilhe:

O principal suspeito do assassinato de Maria de Lourdes Pereira Cursino, de 39 anos, em Colinas do Tocantins, no norte do estado, está sob custódia policial. José Carlos Simões Ferreira, de 62 anos, é ex-namorado da vítima e foi encontrado após após tentar tirar a própria vida, o que resultou em sua hospitalização.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O feminicídio ocorreu por volta das 6h40 desta quarta-feira (16), em uma rua do setor Rodoviário. Testemunhas relataram que Maria de Lourdes estava a caminho do trabalho na rodoviária quando foi alvejada por tiros na cabeça.

De acordo com as primeiras investigações sobre o crime, o idoso não teria aceitado o término do relacionamento e começou a ameaçar a vida da mulher. Imediatamente após abordar e assassinar Maria de Lourdes na rua, o suspeito tentou tirar a própria vida com um disparo na cabeça e ingerindo um veneno conhecido como chumbinho.

José Carlos foi socorrido e levado para o Hospital de Colinas. Ele também foi preso em flagrante por feminicídio, mas permanece internado sob custódia do Sistema Prisional.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.