Idoso condenado a 14 anos por estuprar enteada é preso em Porto Nacional

Segundo a polícia, abusos iniciaram quando a vítima era criança e se estenderam até a adolescência.

Compartilhe:

Um homem idoso de 63 anos, condenado por estupro de vulnerável, foi detido em Porto Nacional, nesta a segunda-feira (27). Segundo a Polícia Civil, ele foi sentenciado a cumprir pena de 14 anos em regime inicialmente fechado por ter cometido estrupro contra sua enteada.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Conforme apurado pela investigação da polícia a vítima, atualmente com 19 anos, procurou uma delegacia em 2021 para denunciar o crime. Durante seu depoimento, ela revelou que foi vítima de estupro pelo padrasto desde a infância, prolongando-se até a adolescência.

A Delegacia de Atendimento à Mulher e Vulneráveis em Porto Nacional iniciou as investigações após a denúncia, resultando no encaminhamento do caso ao Judiciário. O acusado foi julgado e condenado a 14 anos de prisão.

Na manhã da operação, os policiais da 7ª Divisão de Combate ao Crime Organizado executaram um mandado de prisão emitido pela 1ª Vara Criminal de Porto Nacional. O idoso foi conduzido à 11ª Central de Atendimento e, posteriormente, encaminhado à Unidade Penal Regional de Porto Nacional para iniciar o cumprimento da pena.