Homem morre após reagir a abordagem policial em Gurupi; um policial civil foi baleado no rosto

Ocorrência foi no setor João Lisboa. Outro homem e uma mulher foram presos na ação. Policial foi atingido de raspão no rosto, recebeu atendimento médico e já teve alta.

Compartilhe:

Um homem morreu após reagir a uma abordagem policial no setor João Lisboa da Cruz, em Gurupi, no sul do estado. Ele estava em um carro com outro homem. A Secretaria de Segurança Pública, afirma que ao chegarem no local a equipe foi surpreendida com disparos de arma de fogo. Um policial civil foi baleado com um tiro de raspão no rosto.

A ocorrência foi registrada na noite deste sábado (8). Ainda de acordo com a SSP, Os agentes da Central de atendimento da Polícia Civil foram ao local após receber a informação de que dois homens estariam dentro de um carro, armados.

A pasta afirma que durante a abordagem, foram surpreendidos por disparos de arma de fogo. Durante o confronto, o policial civil foi atingido de raspão no pescoço e um dos ocupantes do veículo também foi atingido.

Tanto o policial quanto o homem foram socorridos e encaminhados ao hospital. O policial civil recebeu o atendimento médico necessário e já teve alta, enquanto o ocupante do veículo não resistiu aos ferimentos e foi a óbito no hospital.

O delegado da 8ª Delegacia Especializada em Investigações Criminais (DEIC) de Gurupi , Rafael Falcão, informou que após o conflito, mais policiais civis foram acionados e deram início às buscas no local do ocorrido.

“Com a chegada de mais policiais, foi possível identificar uma casa que seria a residência de um dos ocupantes do veículo. Os agentes, então, procederam com as buscas e no local foram encontrados vários tabletes de maconha, totalizando quase 6 kg da droga, além da quantia de R$7 mil em espécie e munições intactas”, destaca o delegado.

Foto: Divulgação/SSPTO