Homem é suspeito de matar a mulher e depois tirar a própria vida em fazenda do Tocantins

Corpos do casal foram encontrados pelo irmão do suspeito após familiares receberem mensagens dele afirmando que tinha 'feito uma besteira'.

Compartilhe

A morte de um casal encontrado dentro de casa na fazenda em que viviam na zona rural de Araguacema, no sul do estado, está sendo investigada pela policia. Os investigadores acreditam que o homem tenha assassinado a mulher a facadas e depois tirado a própria vida.

A suspeita é motivada porque familiares receberam uma mensagem do homem horas antes dos corpos serem localizados em que ele afirmava ter ‘feito uma besteira’. Os nomes do casal não foram divulgados pela Polícia Militar.

Os dois viviam na Fazenda Alto da Glória. A PM informou que primeiro recebeu um alerta sobre a mensagem do irmão da mulher e depois teve a confirmação do crime porque o irmão do homem localizou os corpos na propriedade rural.

O homem tinha 40 anos e a mulher 41. A perícia esteve na casa para confirmar a hipótese da polícia, mas os laudos ainda não ficaram prontos. No imóvel foram apreendidos uma faca de cozinha que seria a arma usada para matar a mulher e um copo e um frasco de líquido cor-de-rosa que a polícia acredita ser veneno.

Os corpos foram levados para o Instituto Médico Legal (IML) para passar por necropsia antes da liberação para o enterros. A investigação vai ficar a cargo da Polícia Civil.