Homem é preso com espingarda dentro de casa após ameaçar invadir hospital para matar companheira

Caso foi em Wanderlândia, no norte do Tocantins. Vítima havia sido atendida dois dias antes no hospital, pelo mesmo motivo.

Compartilhe:

Um indivíduo suspeito de praticar violência doméstica contra sua própria companheira foi detido em flagrante pela Polícia Militar por porte ilegal de arma de fogo. Ele teria feito diversas ameaças à vítima. Crime foi registrado em Wannderlândia, no norte do estado.

A Polícia Militar disse que recebeu um chamado de uma enfermeira do Hospital Municipal de da cidade, onde uma mulher de 37 anos estava recebendo atendimento após sofrer agressão. Segundo relatos, o esposo dela também teria ameaçado ir ao hospital armado com uma espingarda, com intenção de matá-la.

A vítima apresentava sangue no pescoço e em suas roupas. O médico informou que ela havia sido atendida pelo mesmo motivo dois dias antes.

A equipe da PM dirigiu-se à residência do casal e foi recebida pelo filho da vítima. Durante a abordagem, o agressor surgiu na sala e tentou fugir para o quarto ao avistar os policiais, mas foi detido e algemado antes de conseguir alcançar a arma de fogo.

No quarto, os policiais encontraram uma espingarda calibre 28, sem número de identificação, juntamente com quatro cartuchos. O agressor foi conduzido à Central de Flagrantes da Polícia Civil.