Homem ateia fogo na própria moto para evitar que ela fosse apreendida na BR-153

Caso aconteceu em Araguaína, no norte do Tocantins. Motociclista não possuía documentos e veículo estava sem placa quando foi parado para fiscalização.

Compartilhe

 

Após ser parado em uma fiscalização, um homem de 41 anos ateou fogo na própria motocicleta que seria apreendida na BR-153. O caso aconteceu na noite desta sexta-feira (15), no km 137 da rodovia em Araguaína, no norte do estado. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, o condutor não possuía os documentos do veículo, que também estava sem placa.

Ainda segundo a PF, após ser parado no acostamento da rodovia, o motociclista se negou a fazer o teste do bafômetro. Ao encontrar irregularidades no veículo, os policiais realizaram registro do caso e auto de infração de trânsito.

Ao perceber que a moto seria apreendido, o homem ateou fogo na motocicleta. Ele teria aberto a mangueira do combustível e usado um isqueiro para incendiar o veículo e fugiu.

O caso foi repassado para a Polícia Civil que deve decidir quais serão as medidas adotadas. O motociclista pode responder de três a seis anos de reclusão além de multa por causar incêndio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outra pessoa.