Fazendeiro é acusado de soltar propositalmente pitbull contra criança de 4 anos indígena no MS

Criança está internada em estado grave no Hospital Universitário de Dourados, no Mato Grosso do Sul.

Compartilhe

Uma criança da etnia Guarani Kaiowá da Aldeia Panambizinho (MS) de 4 anos de idade está internada em estado grave no Hospital Universitário de Dourados, no Mato Grosso do Sul, após ser atacada por um cachorro pitbull. Lideranças indígenas acusam um fazendeiro de soltar propositalmente o animal contra a criança.

A denúncia foi feita por Thyara Pataxó, da etnia pataxó. “Na manhã dessa segunda-feira, um fazendeiro soltou propositalmente seu pitbull na Aldeia Panambizinho do povo Guarani Kaiowá no MS e o resultado foi esse aí, uma criança gravemente ferida que se encontra na UTI. Todos os dias fazemos denúncias como esta, mas nada é feito”, escreveu a ativista nas redes sociais.

A criança segue em estado grave e recebe cuidados de um cirurgião bucomaxilar e não há previsão de alta.

A coordenadora do Conselho Tutelar Leste, Janine Matos, explicou ao site MS News que o órgão iria analisar a história. Segundo ela, o caso aconteceu no sábado (6), mas que só foi registrado na segunda (8). Janine relatou que o órgão só conseguiria novas informações sobre o estado da criança nesta terça (9).

“Amanhã eu vou lá, porque eles [do hospital] não passam detalhes por telefone. Vou procurar a família para saber se já registraram denúncia e aí saber como está a criança, a idade dela e nome, que nem isso me passaram”, contou Janine.

*Por MS Notícias