Nordestina e negra, Etiene Medeiros é primeira brasileira campeã em mundial de natação

Compartilhe:

A pernambucana Etiene Pires Medeiros marcou o seu nome na história ao conquistar a medalha de ouro dos 50 metros costas no Mundial de Esportes Aquáticos, em Budapeste, Hungria. A brasileira venceu a prova com o tempo de 27s14, o novo recorde das Américas. É a primeira vez que uma brasileira é campeã mundial em piscina longa.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

A prata ficou a chinesa Yuanhui Fu, que fez 27s15. Em terceiro lugar, ficou a bielorrussa Aliaksandra Herasimenia, que bateu em 27s23.  A medalha obtida por Etiene é a segunda de ouro do Brasil obtida neste mundial. A primeira foi ganha por Ana Marcela Cunha, na prova de 25km de maratona aquática.

Histórico

Etiene já tinha sido a primeira brasileira a ir ao pódio em campeonatos mundiais, após conquistar a prata nos 50m costas do Mundial Júnior. Em 2014, foi a primeira mulher do país a ser medalhista em um Mundial de piscina curta, com o ouro nos 50m costas em Doha, no Catar. Em 2015, faturou o primeiro ouro feminino da história do Brasil em Jogos Pan-Americanos, nos 100m costas em Toronto, no Canadá. No mesmo ano, foi vice-campeã dos 50m costas no Mundial de piscina longa de Kazan, Rússia, assegurando a primeira medalha feminina do país na história da competição. Ano passado, foi bicampeã mundial em piscina curta no Mundial de Windsor, no Canadá.

 

Compartilhe essa notícia

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *