Empresária leva tiro na cabeça durante briga de trânsito em Goiás: ‘Foi um milagre’

Caso aconteceu enquanto Damariz Magalhães Chastinet Pinho trafegava pela GO-060 com o marido. Suspeito do disparo ainda não foi identificado.

Compartilhe:

Uma mulher foi atingida por um tiro na cabeça após uma discussão de trânsito envolvendo outro motorista e seu marido na GO-060, entre Goiânia e Trindade, na Região Metropolitana da capital. A empresária Damariz Magalhães Chastinet Pinho foi atingida pelo disparo e a bala ficou alojada em seu couro cabeludo.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

“Senti o impacto e imediatamente pensei que fosse um tiro. Eu disse ao meu marido, mas ele não acreditou, pois eu estava consciente o tempo todo. Parecia uma cena de filme de terror”, relatou Damariz.

“Quando eu passei a mão nela aqui assim [na cabeça], senti um monte de sangue, mas não falei nada para ela”, contou Marco Antônio, marido de Damariz.

O caso ocorreu na noite de sábado (13), quando o casal, residente no setor Jardim Cerrado, saiu de casa para lanchar. O motorista suspeito de efetuar o disparo ainda não foi identificado ou localizado. Imagens mostram marcas do tiro em um dos vidros do carro e a bala alojada no couro cabeludo da mulher.

“Após o raio-x, todos ficaram impressionados, porque foi realmente um milagre. A bala estava na cabeça, mas não atingiu o crânio”, explicou Damariz.

Empresária leva tiro na cabeça durante briga de trânsito em Goiás
Foto: Divulgação

Nesta segunda-feira (15), a mulher informou que passou por uma cirurgia no fim de semana, mas que está bem e já está em casa. O caso foi registrado e está sendo investigado pela Polícia Civil.

O disparo ocorreu após uma discussão enquanto a empresária, seu marido e filho estavam a caminho de um lanche de carro. Seguiam pela GO-060, sentido Goiânia para Trindade, na faixa da esquerda, quando viram um carro se aproximando e pedindo passagem por trás. O carro do casal permaneceu na faixa em que estavam, pois iriam pegar um retorno logo à frente.

O marido de Damariz, o empresário Marco Antônio de Souza, relatou à polícia que o veículo do motorista suspeito fez uma ultrapassagem pela direita e depois se colocou à frente do veículo do casal. O empresário disse que o motorista começou a frear várias vezes em sua frente.

“Eu tentei ir para direita, ele cortou para direita também. Fui para esquerda e ele voltou para esquerda. Quando eu passei por ele e ele estava me xingando, eu só abaixei o vidro do lado dele e falei: ‘você é doido?’. Quando fui embora, só senti o impacto do tiro”, detalhou Marco Antônio.

Empresária leva tiro na cabeça durante briga de trânsito em Goiás
Foto: Divulgação

Mesmo após ser atingida, Damariz ainda conseguiu ajudar o marido a colocar o endereço do hospital no GPS para que ele pudesse socorrê-la. Marco Antônio levou a esposa até uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Trindade. Ela foi encaminhada ao Hospital Estadual de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira, onde uma radiografia mostrou que a bala ficou alojada do lado de fora, na parte de trás, do crânio de Damariz.

No momento do disparo, Damariz disse que ficou com muito medo, principalmente pela segurança do filho, que também estava no carro. No entanto, ela expressa gratidão por estar viva.