Em Minas, candidato a vereador é assassinado durante live e suspeito é o irmão do prefeito

Cássio Remis (PSDB) fazia uma live sobre obra irregular em Patrocínio (MG)" quando foi abordado pelo irmão do prefeito: Aqui, agora chegando o secretário para me agredir".

Compartilhe

O ex-presidente da Câmara Municipal de Patrocínio (MG) e pré-candidato a vereador, Cássio Remis (PSDB), foi assassinado a tiros uma transmissão ao vivo em suas redes sociais. O crime aconteceu na tarde desta quinta-feira (24) enquanto fazia.

Cássio Remis denunciava que a prefeitura estaria fazendo uma reforma no local onde seria o comitê eleitoral do atual prefeito da cidade, Deiró Marra (DEM), que é candidato à reeleição, momento em que ele foi surpreendido pela chegada do secretário de Obras da cidade, Jorge Marra, irmão do gestor.

“Aqui, agora chegando o secretário para me agredir”, diz o candidato ao ser abordado pelo suspeito. Quando o irmão do prefeito se aproxima da vítima, o celular começa a balançar. Cássio chega a pedir para o homem não quebrar o aparelho. Neste momento, a transmissão é interrompida.

O ex-vereador morreu em frente ao local da obra, antes mesmo da chegada do serviço de urgência.

Assista o vídeo:

https://www.facebook.com/watch/?v=353582525790477&extid=YBz48aWcj1qAd5JW