Deputado paulista é detido no aeroporto de Palmas por porte de munição

A munição estava na mochila de Léo Oliveira (MDB) e foi detectada pelo Scanner. Infraero acionou a PM que levou o parlamentar para prestar depoimento.
Compartilhe

 

Deputado estadual por São Paulo, o comunicador Léo Oliveira (MDB), de 56 anos, foi detido no aeroporto Lysias Rodrigues, em Palmas, por porte de munição. O parlamentar embarcava de volta para São Paulo quando o aparelho de scanner acusou a munição na mochila dele.

Léo Oliveira, que está em seu quarto mandato, retornava para capital paulista após visitar propriedades rurais no Tocantins. A ocorrência foi na noite deste domingo (26).

A Infraero acionou a Polícia Militar que localizou uma só bala, calibre 38 e levou o deputado para prestar esclarecimentos na 2ª Central de Atendimento da Polícia Civil, em Taquaralto. Léo Oliveira foi liberado logo em seguida.

A munição é de uso permitido, mas o seu porte é um tipo de crime previsto no artigo 12 do Estatuto do Desarmamento, a Lei 10.826 de 2003, com pena de 1 a 3 anos de detenção em caso de condenação.

| Recomendado