Criminoso que atirou no peito de jovem alegou que queria recuperar carro que seria da mãe dele

Segundo a polícia, testemunhas contaram que o suspeito disse que o carro era roubado e era filho da verdadeira dona. Crime foi em Colinas do Tocantins, no norte do estado.

Compartilhe:

Um jovem motorista de 22 anos foi baleado no peito na manhã desta quarta-feira (10) em Colinas do Tocantins, no norte do estado. O suspeito, após efetuar o disparo, fugiu do local, levando consigo o veículo que estava na posse da vítima. Segundo a Polícia Militar, o criminoso chegou a afirmar que o automóvel pertencia à sua mãe. Ele foi preso em Guaraí.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

A vítima foi socorrida e encaminhada ao Hospital Regional de Araguaína, porém, não há informações detalhadas sobre seu estado de saúde até o momento.

Segundo informações da PM, embora o carro estivesse sob a posse do jovem de 22 anos, não pertencia a ele. As primeiras informações dão conta de que o veículo era utilizado para transporte de passageiros na cidade.

Testemunhas relataram à polícia que, durante a manhã, a vítima foi abordada pelo suspeito, o qual alegou ser filho da legítima proprietária do veículo. Ele afirmou, ainda, que o automóvel teria sido furtado ou roubado de sua mãe.

O agressor efetuou dois disparos contra a vítima, atingindo-a no peito. Posteriormente, conforme relatos da Polícia Militar, o suspeito empreendeu fuga com o veículo pela BR-153.

Ainda de acordo com a PM, o suspeito  foi capturado na cidade de Guaraí por Policiais Militares do 7º BPM e encaminhado as autoridades competentes.

>> Participe da comunidade do #SouMaisNoticias no WhatsApp.