Condenado por matar clientes em bar de Goiás é preso em Paraíso do Tocantins

Homem foi sentenciado a de 34 anos por duplo homicídio e mais uma tentativa de assassinato. Crimes aconteceram em Luziânia (GO), em 2014.

Compartilhe:

Um foragido da Justiça de Goiás foi preso por policiais civis em Paraíso do Tocantins, na região central do estado. O homem de 44 anos foi condenado a uma pena de 34 anos por duplo homicídio e mais uma tentativa de assassinato.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

Segundo a Polícia Civil, a prisão foi na manhã desta sexta-feira (25) enquanto o homem saia do seu local de trabalho em Paraíso.

“O homem estava utilizando tornozeleira eletrônica, em Luziânia (GO), mas acabou rompendo o equipamento, e fugiu. Por meio de investigações, conseguimos constatar que ele havia aportado em Paraíso”, disse o delegado-chefe, Antônio Onofre de Oliveira da Silva Filho.

Segundo a polícia, o condenado era dono de um bar na cidade goiana. No dia 18 de agosto de 2014 ele se desentendeu com clientes que se recusaram a deixar o estabelecimento e fez vários disparos com um revólver. Duas vítimas morreram no local e o outro conseguiu fugir mesmo após ser baleado.

Ele acabou sendo julgado e condenado pelo crime, mas fugiu antes que pudesse ser preso para dar início ao cumprimento da pena. Há pouco mais de uma semana o criminoso chegou a Paraíso até arrumou um emprego.

Após a prisão o homem foi levado até à Central de Atendimento da Polícia Civil e mandado para a Unidade Penal de Paraíso, onde permanecerá à disposição do Poder Judiciário.