Cobra encontrada morta em lago é uma sucuri-verde que pode chegar a 7 metros de comprimento

Serpente foi vista no lago da usina do Lajeado no tio Tocantins em Porto Nacional. A espécie é comum na região norte.

Compartilhe:

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O vídeo de uma cobra gigante morta boiando no lago da usina do Lajedo no rio Tocantins, em Porto Nacional, chamou atenção nas redes sociais. O animal foi encontrado pelo comerciante Agnaldo Teles Barbosa. A serpente em questão trata-se de uma sucuri-verde, uma espécie que pode atingir até sete metros de comprimento.

A gravação que se tornou viral foi feita no fim de semana, próximo ao antigo atracadouro das balsas no lago de Porto Nacional. No vídeo, Agnaldo brinca: “Para quem gosta de banhar no lago”.

Vídeo:

De acordo com a bióloga, Raiany Cruz, a causa da morte da cobra só poderia ser determinada por meio de necropsia, mas sugeriu que a cobra pode ter morrido às margens do lago e sido arrastada pela correnteza.

“A presença dessas serpentes em lagos não é tão comum, já que elas preferem as margens das águas, onde é mais fácil para elas caçarem. No entanto, todas as serpentes, mesmo as que não têm hábitos aquáticos, podem ocasionalmente estar na água para se deslocarem, fugirem ou buscarem alimentos”, explicou a bióloga. .

Peso pesado das cobras

Sobre o tamanho das sucuris-verdes, Raiany explica que, embora possam chegar a quase sete metros de comprimento, não são as maiores cobras do mundo em termos de comprimento. “As sucuris e as pítons são as maiores serpentes do mundo. As pítons ganham em comprimento, enquanto as sucuris são maiores em massa/peso”, explicou.

Foto: Divulgação

Apesar de não serem venenosas, as sucuris podem ser perigosas ao se defenderem ou caçarem. “Animais atacam por dois motivos: defesa e predação. Se deixarmos um animal na natureza sem mexer com ele, a tendência é que ele procure um lugar para se esconder ou fugir”, destacou.

Boiando no lago

Agnaldo Teles Barbosa, que filmou o vídeo no domingo (30),contou que, dias antes, havia encontrado a pele de outra cobra grande boiando no lago. Acostumado a navegar pela região, ele admitiu que às vezes sente medo.

Cobra gigante morta é vista em rio de Porto Nacional
Foto: Reprodução

“Esse lago de Porto também tem jacarés enormes, especialmente perto da ponte. Durante a construção da ponte, havia muitos jacarés grandes. Esse lago esconde muitos bichos. Quem se atreve a nadar aqui é corajoso. Eu mesmo nado nesse rio, mas confio na sorte”, comentou Agnaldo.

*Com informações do G1