Câmera registra momento em que empresário é morto com tiro no rosto dentro de carro; Vídeo

Crime aconteceu Augustinópolis, no norte do Tocantins. Suspeito se entregou três dias após o assassinato de Thiago Borges, de 37 anos. Crime teria sido motivado após desentendimento por causa de dívida de R$ 20 em jogo de baralho.

Compartilhe:

O assassinato do empresário Thiago Borges da Silva, de 37 anos, foi registrado por uma câmera instalada na avenida onde ele havia estacionado o carro, em Augustinópolis, na região do Bico do Papagaio, no norte do estado.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O crime ocorreu na noite de sábado (16). Segundo a Polícia Civil, e teria sido motivado por uma dívida de R$ 20, contraída em um jogo de baralho. O suspeito foi preso na terça-feira (18).

Assista o vídeo:

No vídeo, divulgado nas redes sociais, Thiago é visto dentro de um carro preto, estacionado na margem direita da avenida Goiás, por volta das 20h30. Outro veículo, de cor branca, se aproximou e parou ao lado do carro do empresário. O motorista do carro branco sacou uma arma e fez um único disparo.

Thiago foi atingido no rosto e ainda estava consciente quando as equipes de socorro chegaram. O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) o levou para o hospital, mas ele morreu logo logo após dar entrada.

Thiago Borges foi morto com tiro no rosto e suspeito se entregou 3 dias após o crime.

O suspeito, identificado apenas pelas iniciais O. F. P. S., se apresentou na delegacia acompanhado de seu advogado no final da tarde de terça-feira. Na ocasião, a Polícia Civil cumpriu o mandado de prisão preventiva.

Segundo a polícia, o suspeito afirmou em depoimento que, pouco antes do assassinato, havia sido agredido pelo empresário em via pública devido à dívida de R$ 20 do jogo de baralho.

Ele também relatou que estava embriagado e irritado por conta da agressão. O suspeito usou uma espingarda calibre 28 para matar Thiago.