Bilionário cearense listado na Forbes é achado morto ao lado da esposa em mansão no Guarujá (SP)

Casal foi encontrado no imóvel que fica em condomínio fechado. Polícia suspeita que mortes foram causadas por um vazamento de gás.

Compartilhe:

O bilionário José Bezerra de Menezes Neto, conhecido como Binho Bezerra, e sua esposa Luciana foram encontrados mortos em um condomínio em Guarujá, no litoral de São Paulo. A Polícia Civil suspeita que as mortes foram causadas por um vazamento de gás, pois não foram encontrados sinais de violência nos corpos.

>> Siga o canal do "Sou Mais Notícias" no WhatsApp e receba as notícias no celular.

O casal foi encontrado em uma casa dentro de um condomínio fechado na Praia do Iporanga.

Segundo apurado, tanto o aquecedor da piscina quanto da casa eram movidos a gás. A polícia solicitou perícia no local, e o Departamento de Homicídios e de Proteção à Pessoa (DHPP) também foi acionado para a ocorrência. O caso foi registrado na Delegacia de Polícia Sede da cidade.

Por meio das redes sociais, o governador do Ceará, Elmano de Freitas (PT), lamentou a morte do empresário.

Binho Bezerra era filho do ex-prefeito de Juazeiro do Norte, Humberto Bezerra, e sobrinho do ex-governador do Ceará, Adauto Bezerra. Segundo publicação da revista Forbes em dezembro 2022, Binho Bezerra possuía um patrimônio avaliado em R$ 1,55 bilhão. Na época, ele foi listado como o 205º bilionário brasileiro.

Atualmente, era sócio da Ademicon, uma administradora de consórcios. Ele presidiu o Banco BIC, fundado por seu pai e seu tio. O BicBanco foi vendido ao China Construction Bank por R$ 1,62 bilhão em 2013. O governador do Ceará, Elmano de Freitas, lamentou a morte de Binho Bezerra nas redes sociais.