Araguaína tem primeiro caso de coronavírus confirmado; total no estado sobe para 9

Informação foi divulgada pela prefeitura e confirmada pela Secretaria de Estado da Saúde. Outros casos são em Palmas.

Compartilhe

 

O boletim da Secretaria Estadual da Saúde (SES), divulgado na noite desta sexta-feira (27) com as atualizações a respeito do avanço do novo coronavírus no Tocantins, mostra que os casos confirmados chegou a 9. O novo caso é uma paciente de 26 anos que mora em Araguaína. Os outros oito casos, que já estavam confirmados no último boletim, são de Palmas.

De acordo com a secretaria, a paciente esteve no litoral e em aeroportos de grande fluxo (São Paulo e Brasília) e está em isolamento domiciliar, tendo apresentado sintomas leves. O exame foi realizado pelo Laboratório Central do Tocantins (Lacen).

A Pasta nãodivulgou os números de casos suspeitos e descartados da doença. A SES deixou de atualizar estas informações no último domingo (22) alegando problemas de instabilidade no banco de dados nacional. Na última terça (24), o Ministério tinha dito que a previsão de normalização do sistema era para esta quinta-feira (26).

Há dois pacientes internados na rede particular de saúde em função da doença. Estes dois casos são na capital. Ainda segundo a SES, a advogada que teve a primeira confirmação oficial no Tocantins, se recuperou dos sintomas da síndrome gripal e está fora da janela de contágio.

O Tocantins segue sem nenhum registro de morte causada pelo novo coronavírus. Nesta quarta-feira (25), após o pronunciamento em que o presidente Jair Bolsonaro que pediu o fim do confinamento em massa, o governador Mauro Carlesse (DEM) decidiu permanecer com as medidas restritivas, incluindo o fechamento de escolas e do comércio no Tocantins.

Mesmo assim, após a nota do governador, prefeitos de várias cidades do interior decidiram reabrir o comércio parcialmente. São os casos de Araguaína, Gurupi e Paraíso do Tocantins.