Advogado esquece câmera ligada e é flagrado fazendo sexo em audiência virtual no Peru

Juiz e advogados ficaram atordoados com o que viram. As informações foram publicadas pelo jornal RPP Notícias e ganharam as manchetes no mundo.

Compartilhe

Um advogado de defesa peruano foi flagrado em cenas quentes durante uma audiência virtual transmitida pelo Zoom. Héctor Cipriano Paredes Robles estava participando de uma audiência envolvendo a gangue “Los Z de Chanchamayo”, quando esqueceu a câmera ligada e deixou o juiz e advogados atordoados com as cenas de sexo.

As informações foram publicadas pelo jornal RPP Notícias e ganharam as manchetes no mundo. No vídeo, Robles aparece tirando a roupa enquanto ainda estava diante das câmeras antes de beijar uma mulher nua e iniciar a prática sexual.

“Estamos testemunhando atos obscenos que representam uma violação da decência pública e são agravados pelo fato de estarem sendo registrados nacionalmente”, disse o magistrado John Chahua Torres.

Assista o vídeo:

Ao perceber o que estava acontecendo, participantes da audiência deram o alerta. Após o incidente, a Ordem dos Advogados já anunciou que Robles será punido.

Enquanto isso, o Superior Tribunal de Justiça local emitiu uma decisão na qual indicou que o advogado cometeu “atos obscenos que violam a decência pública e os bons costumes”.

Robles ainda será substituído por um defensor público e investigado pelo Ministério Público. A audiência era para analisar a prisão preventiva de um preso em uma operação contra uma quadrilha do crime organizado da região.

“Ele foi totalmente identificado como o advogado que desrespeitou a dignidade deste tribunal, bem como dos outros advogados presentes e da profissão jurídica como um todo”, acrescentou o juiz.