Adolescente de 12 anos suspeito de matar jovem em festa de fim de ano em Gurupi é apreendido em Goiás

Yuri Nunes da Silva, de 18 anos, foi esfaqueado enquanto tirava uma foto e morreu após ficar dois dias internado. Polícia disse que o menor estava morando na cidade de Caçu.

Compartilhe

Um adolescente de 12 anos suspeito de matar um jovem de 18 anos durante uma festa de fim de ano foi apreendido , nesta terça-feira (11), pela Polícia Civil em Goiás. Yuri Nunes da Silva foi esfaqueado enquanto fazia uma selfie e morreu após ficar dois dias internado em um hospital da cidade cidade tocantinense.

O crime aconteceu no dia 31 de dezembro durante uma festa em uma distribuidora de bebidas no setor Vila Nova. Segundo a Polícia Militar, o jovem estava no evento com parentes, quando foi surpreendido com uma facada. Após a ação, o suspeito fugiu do local.

Yuri Nunes – Foto: Reprodução

Vídeos de câmeras de segurança mostram o momento em que Yuri é esfaqueado. Logo em seguida o adolescente foge correndo.

Segundo a Polícia Civil do Tocantins, as investigações apontaram que após o caso, o adolescente suspeito de praticar o ato infracional mudou-se para a cidade de Caçu, na região sudoeste de Goiás.

A polícia informou ainda que o adolescente teria tomado um tapa no rosto do jovem e, com raiva, o esfaqueou enquanto ele tirava uma foto na festa.

As investigações apontaram também que um casal, sendo um maior de idade e uma menor, estariam de posse da faca utilizada no ato infracional. “O instrumento do crime chegou às mãos do adolescente, o qual foi até a distribuidora de bebidas, aproximou-se da vítima e, no momento em que esta ergueu o aparelho celular para tirar uma selfie, foi esfaqueada”, disse o delegado Joadelson Rodrigues Albuquerque

A Secretaria de Segurança Pública ressaltou que não se verificou participação nem coautoria do casal que saiu com a faca. Os dois responderão inicialmente por contravenção penal de porte de arma branca.

Após ser apreendido, o adolescente foi encaminhado para o sistema socioeducativo do Tocantins, local onde cumprirá internação provisória.