Prefeito do Tocantins ironiza mortes por Covid-19 e ainda incentiva passeios em praia: ‘quem morreu, morreu’

Em vídeo que circula nas redes sociais, o gestor de Araguatins, Aquiles da Areia (PP) disse que "com pandemia ou sem pandemia" irá à praia da Ponta. Frases foram ditas quando o prefeito anunciava obras de pavimentação.

Compartilhe

Um vídeo que circula pelas redes sociais, o prefeito de Araguatins, Aquiles da Areia (PP), aparece ironizando mortes por Covid-19. A fala aconteceu durante um discurso nesta terça-feira (15), quando o gestor anunciava uma obra de pavimentação na cidade. As imagens mostram o gestor afirmando que não vai impedir aglomerações nas praias do município e que também pretende aproveitar o espaço de lazer. “Quem morreu, morreu. Quem escapou, escapou”, disse o gestor.

O município de Araguatins, que fica na região do Bico do Papagaio, no norte do estado, está entre as 10 cidades mais afetadas pela pandemia no Tocantins. Segundo o boletim epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), nesta terça-feira (15) foram diagnosticados mais 53 casos. Até agora, 2.277 pessoas testaram positivo e 57 pacientes morreram.

Assista o vídeo:

Nos últimos dias os moradores começaram a ficar preocupados com aglomerações na praia da Ponta, uma das mais frequentadas da cidade. Na última semana os banhistas lotaram o local mesmo em meio a pandemia. Os grupos não usavam máscara e descumpriram o distanciamento necessário para evitar a transmissão da Covid-19.

Ao falar sobre o problema, que pode aumentar as infecções pelo vírus, o gestor afirmou que não faria nada para impedir a ida das pessoas ao local.

“Logo-logo estará aqui, meu amigo Eduardo, para nós quebrar uma ali na Praia da Ponta com pandemia ou sem pandemia. Nós vamos para cima. Nós sabemos que toda hora chega uma cobrança: ‘prefeito, baixa um lockdown’. O caramba nenhuma, rapaz. Quem quiser que vá. Quem morreu, morreu. Quem escapou, escapou. E vamos para cima meus amigos. Eu não vou amordaçar o povo. Só se eu colocar o muro de Berlin na beira do [rio] Araguaia para o povo não ir para a praia”.

Disse o prefeito Aquiles da Areia.

Mesmo sabendo que a situação pode elevar os números da pandemia no município, o gestor ainda incentivou a ida dos moradores à praia. “Todo mundo aqui é de maior. Quem quiser ir para a praia que vá. Quem quiser ficar, que fique. Eu vou. Pegar uma prainha. Tenho 60 anos na beira do Araguaia, porque eu não vou?”, disse o prefeito.

Após as frases, vereadores que estavam no local aplaudiram o prefeito.

Foto: Divulgação

O último decreto publicado pela prefeitura de Araguatins para frear os casos de coronavírus começou a valer no dia 27 de abril. Até o dia 15 de maio os moradores tinham que respeitar regras mais rígidas, como toque de recolher. Também ficou proibido consumir bebidas em espaços públicos da cidade.