Homem rouba celular, mas suas selfies vão parar no e-mail da vítima e acaba é preso em MG

Ocorrência foi na cidade de Betim. Com o suspeito, além do aparelho também foi encontrada a correntinha da vítima que também tinha sido roubada.

Compartilhe

Um homem suspeito de roubar celulares acabou detido, um mês depois do roubo, depois de cair em uma armadilha da tecnologia. A Guarda Municipal de Betim, em Minas Gerais que efetuou a prisão do homem na quinta-feira (27) disse que ele roubou um celular, conseguiu acessar o aparelho mesmo sem a senha, mas não imaginava que as fotos e vídeos que fazia com o aparelho caíam direto no e-mail do dono do aparelho.

“Ele conseguiu o código de acesso e, em vez de ‘resetar’ esse telefone, como é de costume desses meliantes, ele simplesmente comprou um novo chip e colocou no telefone. Com isso, a vítima conseguiu saber a localização dele”, disse Anderson Reis, comandante da Guarda Municipal de Betim.

Segundo a Guarda, a vítima, que preferiu não ser identificada contou que, desde o roubo, que aconteceu no dia 1º de janeiro, não tinha acessado o e-mail nem entrado em aplicativos. Até que, na semana passada, fez um acesso e viu uma galeria de fotos feitas pelo homem que estava com seu aparelho.

A vítima registrou a ocorrência e o suspeito acabou localizado pela Guarda Municipal da cidade. Entre as fotos tiradas com o celular, havia um registro de agendamento de emissão de RG, com o nome do suspeito. Ao ser pego, ele confessou o crime.

Com o homem, foram encontrados, além do aparelho, a correntinha da vítima, que também tinha sido roubada, além de carteira, dinheiro e a faca usada durante assalto. Ele já tinha pelo menos 10 passagens pela polícia por crimes como roubo, lesão corporal e descumprimento da Lei Maria da Penha.

Um inquérito foi instaurado, e a investigação está a cargo da 4ª Delegacia de Polícia Civil em Betim.