Governo do TO prevê pagar R$ 288 mil para pavimentar trecho de 400 metros que dá acesso à residência oficial do governador

O prédio, conhecido como 'Casa Branca' é alvo de investigação da Polícia Civil iniciada em 2019 por suspeita de desvios.

Compartilhe

O Governo do Tocantins publicou o resultado de um edital para selecionar uma empresa terceirizada que deverá pavimentar o acesso à residência oficial do governador em Palmas. O prédio, popularmente conhecido como ‘Casa Branca’, foi projetado nos anos 1990, mas nunca chegou a abrigar nenhum governador. Em 2019, o Palácio Araguaia anunciou que faria uma reforma no local para que ele pudesse se tornar a residência de Mauro Carlesse (PSL), após a mansão servir por vários anos como sede do Ruraltins.

O resultado do novo edital saiu no Diário Oficial desta sexta-feira (13). A Secretaria de Infraestrutura prevê pagar R$ 288 mil (exatos R$ 288.882,06) na obra. O trecho a ser pavimentado tem aproximadamente 400 metros de extensão, conforme indicam os projetos iniciais anexados ao edital. O acesso à mansão é pela Avenida NS-10, na lateral da Avenida JK.

O mesmo imóvel motivou uma investigação da Polícia Civil em 2019 porque havia suspeita de desvios de recursos na obra da reforma. O caso ainda não foi concluído e se tornou uma fonte de polêmicas entre o Palácio Araguaia e a Polícia Civil após a decisão do governador de transferir os delegados que cuidavam do inquérito. Recentemente, a Justiça anulou os atos de transferência por entender que eles não foram justificados.

G1 procurou o Palácio Araguaia para comentar a obra e aguarda retorno. A Polícia Civil foi procurada para atualizar o andamento do inquérito, mas disse que “não é possível levantar essas informações durante o fim de semana”, uma vez que o atendimento a imprensa é direcionado apenas a casos urgentes no período.

A publicação no DOE é o resultado do edital, que foi feito na modalidade convite, e ainda não representa uma contratação. Não está especificado no documento um prazo para o início e o fim do trabalho.

Como é o imóvel

A mansão fica localizada na região central da capital e a área é do tamanho de quatro campos de futebol. Conhecida como Casa Branca, o imóvel tem espaços para biblioteca, cinema, recepção social, suítes para convidados e familiares. O local também tem jardins de inverno e até elevador.

A residência foi construída pelo Governo do Estado em 1998 para ser a casa oficial do chefe executivo, mas nenhum governador morou no local. Segundo o Estado, a obra custou R$ 10 milhões.

*Por G1