Após novo reajuste, o preço do gás de cozinha deve chegar a R$ 115 no Tocantins

Com aumento de 5,9% nas distribuidoras, o produto teve reajuste cinco vezes maior que a inflação em um ano. Valor do gás já chegava a R$ 110, em alguns estabelecimentos de Palmas.

Compartilhe

O preço do gás de cozinha ficou mais caro a partir de segunda-feira (14). O novo preço é de R$ 3,40 por kg nas distribuidoras, 5,9% acima do valor anterior. Com o reajuste, o gás acumula alta de 17,25% nos últimos 12 meses, quase cinco vezes maior do que a inflação, que foi de 3,5% no mesmo período.

Esse é quinto reajuste anunciado pela Petrobras neste ano e em Palmas, o gás de cozinha pode chegar a R$ 115. Em junho do ano passado, o produto era vendido por até R$ 90, na capital. Em junho desse ano, o preço saltou para R$ 110, em alguns estabelecimentos.

O novo aumento tem deixado moradores e comerciantes preocupados. O dono de um restaurante, Cleiton Neres, disse que gasta de três as quatro botijões de gás por semana. “Eu tenho consumo grande, influencia porque, quando você vai somar o valor final, influencia no lucro também”.

Os revendedores argumentam que tem sido cada vez mais difícil lidar com os aumentos. “Eles alegam que os governos passados seguraram os preços dos combustíveis por muito tempo, sem repassar, e agora a conta chegou e eles têm tirado todos os descontos que havia sido dado no gás, foram tirando os incentivos e passando aumentos consecutivos”, argumentou o vice-presidente do Sindicato de Revendedores de Gás, José Carlos Lima.

José Carlos explicou que a partir desta terça-feira, todas os revendedores já receberam os produtos com os preços atualizados. “Na mesma proporção que chegam esses aumentos, irão ser repassados ao consumidor”, argumentou.

O gás é um item essencial e os aumentos têm impactado no orçamento das famílias.

*Com informações do G1